Foi ontem, dia 1 de setembro, mesmo depois do Jornal das 8, na TVI, que se deu ao início de mais uma edição MasterChef Portugal, a 3ª temporada, tendo contado com um total de 300 participantes, do qual foram selecionados 15 finalistas, que daqui para frente vão mostrar todo o seu talento para a culinária!

E, tal como aconteceu durante o ano de 2014, mais uma vez experimentei a concorrer a este concurso televisivo, tal como podem ver aqui, porém só consegui chegar ao primeiro dia de provas ocorrido no passado dia 28 de abril, na Marina do Parque das Nações, em Lisboa, o intitulado Grande Casting Final, tendo sido aí um dia repleto de múltiplas emoções e sensações, quer sentidas por mim, quer sentidas por quem estava ao meu lado!

Basicamente, este programa tem, como finalidade, encontrar o melhor cozinheiro não profissional de Portugal, em que todos os eventuais candidatos deverão mostrar as suas habilidades e conhecimentos na cozinha!

Para tal, cada um dos envolvidos há que superar a partir de agora várias fases de seleção, sendo esta a versão portuguesa do talent show de culinária MasterChef da BBC, voltando a ser apresentado pelo reconhecido apresentador de televisão Manuel Luís Goucha, em colaboração com os chefs Rui Paula, Miguel Rocha Vieira e Nuno Bergonse.

Só sei que o mais importante foi conhecer outras pessoas com a mesma vontade de vencer do que eu, mesmo sendo de longe, porque, afinal de contas, o amor e a paixão pelas coisas em que acreditamos é que é capaz de fazer mover o mundo!

E, independentemente do que tenha acontecido nesse mesmo dia, em que tinha decidido mostrar “Bife Tártaro de Novilho acompanhado de Dip de Abacate e Rabanetes e Tiras de Pão Crocante com Sementes de Papoila”, o que fica mesmo é a experiência e todas aquelas horas e minutos que passei a fazer pesquisas ao computador, a ler livros de culinária, ou a fazer experiências na minha cozinha, aproveitando todo o meu tempo livre para aprofundar ainda mais os meus conhecimentos na área da culinária…

É que, entretanto, eu já tinha conseguido superar as minhas expectativas na fase imediatamente anterior, o intitulado Pré-Casting, que se tinha realizado alguns meses antes, em que tinha levado justamente a mostrar a receita que menciono mais abaixo, “Ceviche Puro de Garoupa acompanhado de Puré e Chips de Batata Doce”, um prato milenar peruano e ácido, tendo-me dado imenso gozo prepará-la no dia anterior, para depois só tratar, na exata hora da prova, do respetivo empratamento durante 15 minutos!

RECEITA DA CATEGORIA DE PRATO DE PEIXE: Ceviche Puro de Garoupa acompanhado de Puré e Chips de Batata Doce

Caldo de Peixe

Ingredientes:

  • cabeças e espinhas de peixe (garoupa)
  • 50 gr de cebola branca laminada
  • 50 gr de funcho laminado (bolbo)
  • 10 gr de aipo laminado (rama)
  • 10 gr de alho francês laminado
  • 5 gr de gengibre laminado
  • sementes de coentros em grão q. b.
  • pimenta preta em grão q. b.
  • 600 ml de água

Confeção:

  1. lavar e colocar as espinhas e as cabeças de peixe, sem olhos, em água e gelo para sangrar
  2. deixar escorrer bem, para depois colocar tudo num tacho com a água
  3. juntar os aromáticos cortados finamente (a cebola branca, o funcho, a rama de aipo, o alho-francês, o gengibre, as sementes de coentros e a pimenta preta em grão)
  4. assim que ferver, baixar a temperatura e deixar cozer em lume brando durante 20 minutos
  5. passar por um passador fino e deixar arrefecer

Leite de Tigre

Ingredientes:

  • 250 ml de sumo de lima
  • 30 gr de sal fino
  • 100 gr de cebola branca laminada
  • 75 gr de aipo (rama)
  • 125 gr de filetes de peixe-gato aos cubos
  • 110 gr de caldo de peixe
  • 6 gr de aji limo
  • 12 gr de coentros (rama)

Confeção:

  1. triturar todos os ingredientes, exceto os coentros, para depois serem passados por um passador grosso
  2. adicionar os coentros e triturar por um segundo
  3. passar o preparado anterior por um passador fino
  4. provar e retificar temperos

Puré de Batata Doce:

Ingredientes:

  • 500 gr de batata doce
  • 50 gr de sal grosso
  • 100 ml de natas
  • 50 gr de manteiga sem sal
  • 100 ml de água
  • 10 gr de açúcar
  • coentros em grão q. b.

Confeção:

  1. lavar bem as batatas e colocá-las num tabuleiro com sal grosso e levar ao forno a 145ºC, durante cerca de 1h
  2. confirmar a cozedura e descascá-las, enquanto quentes
  3. ferver a água com o açúcar e as sementes de coentros
  4. assim que ferver, passar por um passador e reservar
  5. triturar as batatas assadas com as natas, a manteiga e a calda de açúcar, até obter uma consistência homogénea
  6. provar e retificar o sal
  7. deixar arrefecer, tapado com película aderente e reservar

Chips de Batata Doce:

Ingredientes:

  • 250 gr de batata doce
  • 250 ml de óleo
  • 5 gr de sal fino

Confeção:

  1. lavar bem as batatas
  2. laminá-las finamente no sentido do comprimento (2 mm) para um recipiente com água fria
  3. aquecer o óleo da fritadeira a 140 ºC
  4. escorrer bem as batatas e fritar durante aproximadamente 6 minutos
  5. quando as batatas estiverem crocantes, colocá-las num tabuleiro com papel absorvente e temperar com o sal
  6. reservar numa caixa tapada, com papel absorvente entre camadas

Ceviche Puro

Ingredientes:

  • 540 gr de filetes de peixe branco (garoupa)
  • 12 gr de sal fino
  • 6 gr de ajinomoto
  • 6 gr de coentros picados
  • 6 gr de malagueta vermelha picada
  • 60 ml de sumo de lima
  • 120 gr de cebola roxa laminada
  • 30 gr de alga wakame hidratada
  • 360 ml de leite de tigre (ver receita anterior)
  • 300 gr de puré de batata doce (ver receita anterior)
  • 30 gr de chips de batata doce (ver receita anterior)
  • 2 cubos de gelo

Confeção:

  1. numa taça de inox, colocar o peixe cortado aos cubos de 1 cm, o sal, o ajinomoto, os coentros, a malagueta e o sumo de lima
  2. misturar bem os ingredientes
  3. adicionar a cebola roxa, as algas wakame e os cubos de gelo
  4. regar com o leite de tigre, mexer novamente e retirar o gelo
  5. provar e retificar os temperos
  6. colocar o ceviche preparado nos pratos de servir
  7. dispor três pontos de puré em cada um dos pratos
  8. finalizar com chips de batata doce, em cima dos pontos de puré

(fonte: livro “A Cevicheria” de Chef Kiko, da editora Casa das Letras,

https://tvi.iol.pt/masterchef/extras/cozinha-do-masterchef-portugal-esta-de-volta-cheia-de-novidades/5d67ae8d0cf2373ef566d992,

https://pt.wikipedia.org/wiki/MasterChef_Portugal)

0
(Visited 86 times, 1 visits today)

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *