Conta a lenda que o rei D. Dinis foi informado sobre as ações de caridade da rainha D. Isabel e das despesas que implicavam para o tesouro real. Um dia, o rei decidiu surpreender a rainha numa das suas habituais caminhadas para distribuir esmolas e pão aos necessitados. Reparou que ela procurava disfarçar o que levava no regaço. D. Dinis perguntou à rainha onde ia e ela respondeu que se dirigia ao mosteiro para ornamentar os altares. 
Não satisfeito com a resposta, o rei mostrou curiosidade sobre o que ela levava no regaço. Após alguns momentos de atrapalhação, D. Isabel respondeu: “São rosas, meu senhor!”.

Desconfiado, o rei acusou-a de estar a mentir, uma vez que não era possível haver rosas em janeiro. Obrigou-a, então, a abrir o manto e revelar o que estava lá escondido. 

A rainha Isabel mostrou, perante os olhos espantados de todos, as belíssimas rosas que guardava no regaço. Por milagre, o pão que levava escondido tinha-se transformado em rosas. O rei ficou sem palavras e acabou por pedir perdão à rainha que prosseguiu com a sua intenção. A notícia do milagre correu a cidade de Coimbra e o povo proclamou santa a rainha Isabel de Portugal.

De acordo com o Observatório Astronómico de Lisboa, o chamado Equinócio da Primavera de 2017 ocorre hoje pelas 10h29m, em que o dia e a noite irão ter exatamente a mesma duração, marcando assim o início da estação mais bonita do ano: a primavera 
Por isso, só sei que acordei hoje bem cedinho e cheia de vontade de abrir todas as janelas, para deixar entrar os primeiros raios de sol e, ao mesmo tempo, assistir da minha varanda, tanto ao desabrochar das primeiras flores alusivas à primavera, bem como ao chilrear dos pássaros que iam passando por ali!

E se, na maior parte dos casos, as flores têm sido cultivadas quase só para serem utilizadas na ornamentação de espaços, por outro lado tem-se vindo a comprovar que elas próprias contêm determinadas propriedades nutricionais, anti-inflamatórias e até antioxidantes!

Porém, devem ser sempre colhidas logo após o orvalho secar e não à beira da estrada. Acrescente-se ainda que as mesmas devem ser testadas primeiro a fim de lhes ser possível detetar possíveis reações alérgicas e/ou problemas digestivos.
Actualmente, em Portugal, o interesse neste tipo de flores é mais visto como uma tendência que torna os pratos muito mais exóticos e atraentes!
Normalmente são usadas frescas na alimentação, mas também podem ser conservadas, secas, cristalizadas, congeladas ou mantidas em óleo. 
Quanto à sua confeção, não se devem, por exemplo, lavar, para além de que só devem ser adicionadas após a restante parte da receita ter ido ao lume. Também podem ser só consumidas cruas em saladas, devendo, na maior parte das vezes, retirar os pistilos e os estames. 
Em conclusão: as flores cheiram bem, são decorativas, sugerem um bonito presente e ainda nos podem alimentar! 
 
RECEITA NA CATEGORIA DE SNACKS: Salada de Frutas com Amor-Perfeito
Ingredientes:
  • ¼ de abacaxi
  • 12 morangos
  • 1 banana pequena
  • 1 maçã
  • 1 mão cheia de frutos vermelhos
  • 1 kiwi
  • Flores de amor-perfeito a gosto

Confeção:

  1. Retirar o pé dos morangos, as cascas do kiwi, da banana, da maçã e do abacaxi e cortar aos pedaços.
  2. Lavar os frutos vermelhos e misturar tudo numa taça grande.
  3. Lavar delicadamente as flores de amor-perfeito e enfeitar a salada de fruta.
RECEITA NA CATEGORIA DE BEBIDAS: Leite de Rosas
Ingredientes:

– 240 ml de leite fresco
– 1 mão cheia de amêndoas
– 1/2 chávena de pétalas de rosa
– 2,5 colheres de sopa de água
– 1,5 colheres de sopa de açúcar
– gelo

Confeção:

  1. Juntar a água, açúcar e pétalas de rosa numa panela em lume brando durante 2-3 minutos.
  2. Deixar arrefecer.
  3. Juntar o preparado anterior com os outros ingredientes e bater tudo até ficar uma mistura homogénea.
  4. Enfeitar com algumas pétalas e servir frio.
(fontes:
http://holmesplace.pt/pt/receitas-com-flores-a3889.html,
http://lifestyle.sapo.pt/sabores/novidades/artigos/flores-comestiveis-2,
 http://oal.ul.pt/equinocio-da-primavera-2017/,
https://www.infopedia.pt/$lenda-do-milagre-das-rosas,
https://www.celeiro.pt/conteudo/detalhe/flores-comestiveis) 
0
(Visited 44 times, 1 visits today)

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *