A framboesa (Rubus idaeus), fruto da framboeseira, é umapseudobagae um fruto agregado, cujo sabor suave e adocicado é utilizado para diversas finalidades medicinais e culinárias, tais como: geladosxaropesgeleiaslicores e doces.

Ao nível da sua produção, é necessário que a framboeseira seja submetida a pelo menos 700 horas por ano a uma temperatura inferior a 7 °C, sendo originária dos campos do centro e norte da Europa e de parte da Ásia. Todavia, muitas vezes, sendo esta planta espinhosa pertencente à família das Rosáceas, o seu fruto é frequentemente confundido com a amora-preta, da qual se diferencia por ser oco, logo mais delicado.

Ao nível nutricional, a framboesa é rica em vitaminas A, B1, B5, C, ferro, cálcio, fósforo, magnésio e potássio, tendo várias propriedades medicinais, tais como:tratamento de inflamação na garganta, gengivas, prisão de ventre, hemorróidas, reumatismo, doenças dos rins, fígado.

RECEITA NA CATEGORIA DE SOBREMESA: Delícia de Chocolate Branco com Framboesas

Ingredientes:

  • 500 g de queijo quark
  • 500 g de framboesas congeladas
  • 1 limão
  • 200 g de bolachas do tipo maria integral
  • 50 g de manteiga
  • 200 g de chocolate branco
  • 4 ovos
  • 250 g de açúcar
  • Framboesas frescas q. b. para decorar

Confeção:

  1. Colocar as framboesas num tacho juntamente com o sumo do limão e 150 g de açúcar, deixando cozinhar em lume brando.
  2. Quando as framboesas estiverem descongeladas, aumentar o lume, deixando cozinhar durante mais 10 minutos.
  3. Passar a mistura anterior pelo coador de rede fina para retirar as pevides e reservar a geleia.
  4. Partir as bolachas em pedaços a fim de serem desfeitas numa máquina de cozinha até ficarem do tipo “pão ralado”.
  5. Deitar o preparado anterior numa tigela, juntando a manteiga amolecida, e misturar tudo.
  6. Cobrir o fundo de uma forma de abrir com essa mistura e levar ao forno já aquecido a 180ºC durante 10 minutos.
  7. Retirar e deixar arrefecer.
  8. Deitar o queijo numa tigela, adicionar o resto do açúcar e os ovos, mexendo tudo muito bem, finalizando com o chocolate branco previamente ralado.
  9. Colocar o preparado anterior na forma já forrada com a bolacha, cobrir com papel de alumínio e levar ao forno a 150ºC durante 30 minutos.
  10. Retirar, deixar arrefecer e levar ao frio.
  11. Antes de servir, cobrir o doce com a geleia de framboesas reservada anteriormente e decorar com framboesas frescas.
EXEMPLO DE TERAPÊUTICA 1: MEL DA FLOR DE FRAMBOESA




O mel da flor da framboesa tem o aroma delicado das flores de framboesa, sendo extremamente útil no combate ao alívio das constipações ou no caso das crianças com insuficiência hepática, entre outras doenças.


Receita para aliviar a gripemisturar sumo de rábano fresco frio com mel da flor da framboesa na proporção de 1:1, devendo tomar-se antes de dormir 1 colher com água morna.

EXEMPLO DE TERAPÊUTICA 2: CHÁ DA FOLHA DE FRAMBOESA

As folhas das framboesa têm sido consideradas ao longo dos séculos como uma erva medicinal, sendo o seu chá bastante benéfico durante o período da gravidez, parto e amamentação, se for tomado regularmente.

O uso da folha da framboesa para fins terapêuticos remonta assim ao século VI, contendo vitaminas do tipo B1, B3 e E. Por sua vez, acredita-se que, por exemplo, o chá da folha de framboesa poderá encurtar o trabalho de parto, tornando-o mais fácil, tendo sido todos os seus benefícios devidamente registados e comprovados em maternidade no mais antigo dos livros de ervas.

Mas como tomar o chá de folha de framboesa?

O chá das folhas de framboesa pode ser tomado em forma de comprimido, saquinhos de chá, chá de folhas soltas ou como uma tintura. A folha da framboesa pode ser comprada em lojas de produtos naturais.

E quanto ao melhor momento para começar a tomar o chá das folhas de framboesa?

Muitos profissionais costumam recomendar as folhas de framboesa para depois das 32 semanas de gravidez até à altura do nascimento. Parsons (2000) descobriu que tomar comprimidos da folha de framboesa, sendo 2.4 gm por dia a partir das 32 semanas, não produz efeitos colaterais. Outros profissionais recomendam que esse mesmo tratamento possa ser iniciado no início da gravidez ou até mesmo ainda antes da gravidez. 

0
(Visited 52 times, 1 visits today)

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *