Salmão é o nome vulgar de várias espécies de peixes da família Salmonidae, que também inclui as trutas, típicos das águas frias do norte da Eurásia e da América. 

Basicamente, é um peixe branco, cujo pigmento vermelho, chamado de astaxantina, é proveniente das algas e dos organismos unicelulares, que são ingeridos pelos camarões do mar; o pigmento é armazenado no músculo do camarão ou na casca. Quando os camarões são comidos pelo salmão, estes também acumulam o pigmento nos seus tecidos adiposos. Como a dieta do salmão é muito variada, o salmão natural toma uma enorme variedade de cores, desde branco ou um cor-de-rosa suave a um vermelho vivo.
O salmão do Oceano Pacífico volta do mar à água doce para se reproduzir, quase sempre ao mesmo rio em que nasceu. À medida que se aproxima a época da procriação, a cabeça do macho muda de forma, alongando e curvando a mandíbula inferior em forma de gancho e a carne ganha uma coloração esbranquiçada. E enquanto que este morre após a reprodução, o salmão do Oceano Atlântico reproduz- se mais do que uma vez.  

Permanece na água doce nos dois ou três primeiros anos de vida antes de ir para o mar; suporta temperaturas baixas em água doce ou salgada. O salmão adulto é alimento de focas, ursos, lobos, tubarões, baleias e seres humanos. A imensa maioria do Salmão do Atlântico disponível no mercado mundial é produzida em cativeiro (quase 99%), enquanto que a maioria do Salmão do Pacífico é capturada em estado selvagem (mais de 80%).
 
RECEITA NA CATEGORIA DE PEIXE: Salmão Salteado com Massa Macarronete
Ingredientes: 
  • 400 g de salmão (*)
  • 200 g de massa macarronete
  • 200 g de cogumelos laminados
  • 100 g de tomate cereja
  • 100 molho de espargos
  • 2 dentes de alho
  • azeite, sal, tomilho e pimenta q.b.
  • Sumo de 1/2 limão

Confeção:

1) Tirar a pele e as espinhas ao salmão, para depois ser cortado aos pedaços pequenos; temperar a gosto com sal e pimenta, para além do sumo de limão e dos alhos picados; reservar. 

2) Preparar os espargos, cortando-os aos pedaços, depois de lhes tirar a parte mais fibrosa; lavar os tomates e cortá-los ao meio. 

3) Levar ao lume um tacho com água e sal, para depois cozer a massa, os espargos e os cogumelos, deixando cozinhar tudo durante algum tempo; reservar.

4) Num wok, verter um pouco de azeite, de forma a deixar saltear muito bem os pedaços do salmão e dos tomates; adicionar os espargos, a massa e os cogumelos, envolvendo tudo antes de retirar do lume; servir decorado com tomilho.

(*) Encontra este produto à venda na loja Lota no Bairro, em Odivelas, 
com 5% de desconto, 
bastando dizer que vai da parte do blogue Cozinha Com Rosto! 

Agora, é só dirigir-se à loja e… bom apetite!
Depois… conte-me tudo!

0
(Visited 15 times, 1 visits today)

4 Comments

  1. Mónica Rebelo 3 Julho 2018 at 12:20

    UAU, obrigada pelo comentário também tão, digamos que, delicioso 🙂
    E, já agora, dentro em breve irei publicar uma outra receita com salmão, portanto atenção ao meu blog 😉
    Só porque… nós somos o que comemos,
    Mónica Rebelo.

    Reply
  2. Mónica Rebelo 2 Julho 2018 at 16:58

    Obrigada pelo comentário e de certeza que irá saber muito bem 🙂
    Já agora, dentro em breve irei publicar uma outra receita com salmão, portanto fique atenta!
    Tudo de bom, porque… nós somos o que comemos,
    Mónica Rebelo.

    Reply

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *