Em continuação da nossa rota (PASSEIO TURÍSTICO – DIA 1: Vila de Rei, Amêndoa), rumemos ao nosso segundo dia de passeio turístico, 27 de agosto de 2017, que hoje a temperatura estará mais alta, perfazendo 35ºC ao sol, logo excelente para seguirmos viagem até à intitulada Praia Fluvial de Cardigos, caracterizando-se por ser constituída por uma piscina para miúdos e graúdos, em que a própria água do rio que a preenche está sempre a ser reaproveitada… 


Podemos depois escolher entre uma zona relvada e uma zona de areia, esta por sua vez já preparada com alguns chapéus de sol, para além de churrasqueiras com acesso imediato a um parque de merendas coberto e de um bar de apoio com esplanada, casas de banho e chuveiros… 

Descansemos agora um pouco deitados na toalha que trouxemos às costas, depois de efetivamente estarmos perdidos no tempo a saltar para a piscina e a dar mergulhos…
Tomemos, ao mesmo tempo, algumas notas algures num pequeno caderno…

Vila de Rei encontra-se numa região rica em artesanato, ainda que este tenha pouca expressão económica. Neste âmbito há que destacar a cestaria e a tecelagem produzida pelas gentes da terra e apreciada por muitos visitantes.

A gastronomia, elevada a Património Cultural, é um dos pontos fortes do concelho de Vila de Rei, pois traz em si uma herança histórica extremamente valiosa, uma arte que a comunidade herdou dos seus antepassados e se recupera de geração em geração. Cozinhar não é apenas seguir uma receita. É algo mais intrínseco. É uma arte. 

Durante a parte da tarde iremos com certeza até à Sertã, para assinalar o fim de toda esta viagem repleta de emoções e sensações, podendo-se até aproveitar para almoçar a caminho no Restaurante Solar do Moinho, um espaço especialmente vocacionado para servir verdadeiros pratos regionais, situando-se bem perto da intitulada Capela do Espírito Santo… 

E assim se fica a conhecer um pouco mais também sobre a própria freguesia de Cardigos, que tal como acontece com a freguesia de Amêndoa, faz parte do concelho de Mação 


A Sertã é uma vila portuguesa, sede de município, com 14 freguesias, distrito de Castelo Branco, região Centro, sub-região do Pinhal Interior Sul. A vila tem cerca de 5 500 habitantes, sendo a principal vila do Pinhal Interior Sul. Ao todo, o município tem uma área de 453,13 km² e 16 720 habitantes.

A Sertã localiza-se num vale xistoso, numa área florestal com predominância de pinheiro bravo, eucalipto e oliveira. É banhada por duas ribeiras, a Ribeira da Sertã (Ribeira Grande) e a Ribeira do Amioso (Ribeira Pequena). Todo o oeste do concelho é delimitado pelo Rio Zêzere.
E como é tão agradável dar um passeio pelo Jardim da Carvalha a caminho da Ponte Romana, que fica mesmo ao lado da Ribeira…

Mas ficando muita história por contar, prometo que noutra altura prosseguiremos viagem em direção a outros destinos e romarias… 
Até lá aconselho visitarem os seguintes sites em busca de mais informações e utilidades:

http://www.cm-viladerei.pt/

 http://www.cm-macao.pt/

  
0
(Visited 5 times, 1 visits today)

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *