Digamos que o abacate é um dos “frutos da moda”, mas também uma das minhas mais recentes aquisições na dieta alimentar, porque simplesmente é muito especial: é um fruto bastante versátil, podendo ser consumido durante todo o ano e de diversas formas, e ainda tanto salgado como doce, para além de conter muitos nutrientes!

Sublinhe-se, por exemplo, o facto de ser rico em gordura monoinsaturada, sendo, por isso mesmo, uma opção saudável para o nosso coração!

E se, por um lado, pode ser utilizado para limpar e nutrir a pele como máscara de beleza, por outro lado, temos que o guacamole, típico da culinária mexicana, é porventura o uso mais corrente do abacate, sabiam?

Originalmente, este é uma espécie de puré de abacate bem condimentado. Contudo, para além da pimenta, presente em vários pratos mexicanos, ele leva ainda cebola e sumo de lima ou de limão, sendo por exemplo servido com nachos (tortilhas crocantes de milho).

Vamos para a cozinha?

Mas antes, posso dizer-vos que “Abacate” originou-se do náuatle, língua falada por grupos indígenas que habitavam o México e El Salvador, em que o vocábulo āhuacatl, naquele idioma, significa “testículo” e foi utilizado para nomear o fruto.

Anatomicamente, o abacate é um fruto arredondado ou piriforme, de peso médio de 500 a 1 500g, em que a sua casca varia, em colorido, do verde ao vermelho-escuro, passando pelo pardo, violáceo ou negro, cujas duas principais variedades são a Strong (cor verde) e a Hass (cor roxa). A árvore, o abacateiro, atinge até 30m e cresce melhor em climas quentes.

No que diz respeito ao seu consumo, o mesmo deve ser consumido cru, sendo a sua textura cremosa, idealmente até para barrar no pão, mas nunca sem antes adicionar umas gotas de limão, ou lima, para evitar que se oxide e escureça ao ar.

Curiosamente, os arqueólogos encontraram sementes deste fruto em sepulturas do povo Inca, datadas de 750 antes de Cristo, tendo-se pensado na altura que a semente do abacate teria propriedades afrodisíacas na vida após a morte. Todavia, existem plantações de abacate em Portugal, principalmente no Algarve e na Madeira.

Acrescente-se ainda que é amplamente utilizado na Medicina Ayurvédica, para o tratamento de várias doenças, tais como hipertensão, dor de estômago, bronquite, diarreia, e diabetes. Aliás, diversas pesquisas têm evidenciado que o seu extrato aquoso tem atividade analgésica e anti-inflamatória comparável ao ácido acetilsalicílico.

Dicas iniciais de preparação do abacate:

  • Dar um golpe à volta do abacate, verticalmente, rodando o fruto; a faca deve ir até ao caroço.
  • Com as mãos, rodar o abacate para separar as metades.
  • Para tirar o caroço de forma a deixar o fruto sem mazelas e inteiro, enterrar num só golpe a faca no caroço e puxar rapidamente.
  • Com a ajuda de uma colher, tirar a polpa do abacate; colocar a colher bem rente à casca e ir rodando o fruto para que a polpa saia inteira.

RECEITA NA CATEGORIA DE SNACKS: Guacamole servido com Tortillas de Queijo

Ingredientes:

  • 1 abacate
  • 1/2 cebola picada
  • 1 tomate pequeno sem sementes picado
  • 1 malagueta pequena sem sementes picada
  • Sumo de 1/2 limão
  • Sal q. b.

Confeção:

  1. Retirar a polpa dos abacates e, numa tigela, amassar com um garfo até formar uma pasta.
  2. Adicionar a cebola picada, o tomate picado e a malagueta sem sementes e mexer tudo muito bem.
  3. Deitar o sumo de limão e temperar com sal, misturando até ficar homogéneo.
  4. Reservar no frigorífico até à hora de servir.

Tortillas de Queijo

Ingredientes: 

  • 1 chávena de chá de farinha de milho
  • 2 colheres de sopa de banha de porco
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 1/2 de chávena de chá de queijo ralado fino
  • 1 chávena de chá de água morna
  • Óleo para fritar

Confeção:

  1. Numa vasilha, misturar a farinha, a banha de porco, o sal e o queijo com a ponta dos dedos.
  2. Adicionar a água, aos poucos, sovando com as mãos até obter uma bola.
  3. Dividir a massa em várias porções e modelar bolas com cada porção.
  4. Cobrir e deixar descansar por 30 minutos.
  5. Abrir a massa com a ajuda de um rolo até ficar fina.
  6. Cortar em triângulos e fritar em óleo quente até dourar.
  7. Escorrer sobre papel absorvente e servir numa travessa com o molho guacamole.

(fontes: https://www.pingodoce.pt/escola-de-cozinha/ingredientes/abacate/,

https://www.pingodoce.pt/escola-de-cozinha/tecnicas/como-descascar-abacate/,

https://pt.wikipedia.org/wiki/Abacate

https://guiadacozinha.com.br/tortillas-queijo-acompanhar-guacamole/)

0
(Visited 80 times, 1 visits today)

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *