O Dia de Reis é celebrado anualmente a 6 de janeiro, sendo também conhecido como Festa da Epifania.
Efetivamente, esta celebração católica ainda está associada à tradição natalícia, que diz que três reis magos do Oriente, visitaram o Menino Jesus na noite de 5 para 6 de janeiro, depois de serem guiados por uma estrela
Os três reis magos chamavam-se Belchior, Baltazar e Gaspar e levaram de presente ao Menino Jesus, ouro, incenso e mirra.


A tradição manda que neste dia a família se volte a reunir para celebrar o fim dos festejos de Natal, sendo costume comer-se na Noite de Reis: o bacalhau com batatas cozidas, o bolo-rei, o pão-de-ló, as rabanadas, os sonhos, entre outras iguarias de Natal.


É também o dia em que se cantam as Janeiras, cujo cântico das Janeiras começa no dia após o Natal e prolonga-se até ao Dia de Reis.
A tradição geral e mais acentuada, é que grupos de amigos ou vizinhos se juntem, com ou sem instrumentos (pandeireta, bombo, flauta, viola), para irem cantar de porta em porta pela vizinhança.
Terminada a canção numa casa, espera-se que os donos tragam as janeiras (castanhas, nozes, maçãs, chouriço, morcela), para no fim da caminhada, o grupo dividir o resultado, ou então, comem todos juntos aquilo que receberam.



No dia seguinte, as famílias começam a retirar os enfeites de Natal que decoram as casas durante a época de Natal.
Na tradição espanhola, por exemplo, o Dia de Reis é celebrado por grande parte da população. É neste dia que as crianças recebem as prendas de Natal, pois, de acordo com a tradição cristã, são os reis magos que trazem as prendas para as crianças.

ENTRADAS

 

 
Fatias de melão servido com presunto

 
Camarões com vinagrete de maçã verde


Ingredientes:

Camarões

– gambas q. b.
– 150 ml de azeite
– 2 dentes de alho
– 1 colher de sopa rasa de sal 
– 100 ml de sumo de limão 
– 1 colher de sopa de salsa picada
– 1 colher de cebola picada
– Pimenta do reino preta moída q. b.
– 100 ml de vinho branco seco

Vinagrete

– 2 maçãs verdes
– 2 colheres de sopa de salsa picada
– ½ chávena de cebolinho picado
– 50 ml de vinagre balsâmico
– 100 ml de azeite 
– Sal a gosto

Confeção:

1) Numa tigela: temperar as gambas com sal, sumo de limão, pimenta do reino, cebola, salsa e ¼ do azeite, reservando por cerca de 20 minutos no frigorífico; começar a preparar o vinagrete, cortando as pêras em pedaços pequenos.
2) Numa tigela: juntar os restantes ingredientes.
3) Reservar no frigorífico antes de servir, corrigindo o sal e a pimenta do reino.
4) Aquecer uma frigideira, para depois grelhar as gambas até dourarem.
5) Na hora de servir, colocar os camarões em volta do prato fundo e espalhar o vinagrete no meio.

SOPA

 

Creme de abóbora assada

Ingredientes:
– 1 abóbora grande
– 1 cebola
– 4 dentes de alho
– 1 alho francês cortado aos pedaços
– 1 curgete descascada e corada aos pedaços
– azeite e sal q. b.

Confeção:
1) Cortar a parte de cima da abóbora com uma faca afiada, para depois com as mãos retirar todas as sementes, bastando só raspar um pouco com uma colher
2) Temperar o interior da abóbora com azeite, pimenta e sal, e logo de seguida levar a abóbora ao forno a 190ºC com a parte cortada virada para baixo cerca de 50 minutos
3) Depois retira-se a polpa da referida abóbora, a fim de preparar o creme propriamente dito
4) Colocar um tacho ao lume com um pouco de azeite, cebola picada e os dentes de alho, deixando refogar
5) Mais tarde, juntar a polpa da abóbora com o alho francês e a curgete, mexendo tudo muito bem, para logo a seguir verter água a ferver até cobrir e deixar cozinhar
6) Retirar do lume para passar tudo muito bem com a ajuda de uma varinha mágica
7) Na hora de servir, levar o creme para a mesa dentro da própria casca da abóbora, decorando com um fio de azeite, bem como umas folhas de tomilho

BEBIDA
 
 
Sangria de champanhe rosé com frutos vermelhos

 

(basta juntar q. b. de champanhe rosé, morangos, mirtilos e açúcar amarelo, para além de 1 pau de canela e 1 flor de anis, deixando repousar algum tempo antes de servir no frigorífico)

 

PRATO PRINCIPAL
 
Risotto de gambas com presunto e cogumelos
 
Ingredientes:
– 200 g de cogumelos
– 200 g de gambas
– 1 chávena de chá de arroz para risotto 
– Azeite q.b.
– 1 cebola picada
– 1 dente de alho picado  
– 200 g de presunto em cubinhos 
– 1 cubo de caldo de Galinha 
– Queijo Parmesão q.b. em lascas
– 50 g Manteiga 
– 1 chávena de chá de vinho branco  
– Sal e pimenta preta q.b.
Confeção:
1) Levar ao lume um tacho com o cubo de caldo de galinha e cerca de 1 a 1,5 litros de água, deixando ferver e manter sempre quente.
2) Num pouco deste mesmo caldo quente, dar uma fervura rápida aos cogumelos e às gambas, reservando tudo, juntando depois o caldo de ferver os cogumelos e as gambas ao caldo de galinha inicial.
3) Noutro tacho: refogar a cebola com um pouco de azeite, juntar o dente de alho, deixar refogar mais um pouco e, por fim, o presunto.
4) Deitar o arroz e mexer até ficar translúcido, para logo a seguir juntar o vinho branco e continuar a mexer até o vinho evaporar.
5) Reduzir o lume e ir sempre juntando, aos poucos, o caldo de galinha quente até o arroz estar cozido; rectificar de sal e pimenta, para depois juntar os cogumelos e retirar do lume.
6) Misturar a manteiga e as lascas de parmesão e mexer bem, para então servir rapidamente.
 
Salada verde com frutos secos, alperce seco, sementes de girassol e queijo, tudo temperado com condimento balsâmico a gosto
SOBREMESAS
 
Sonhos de festa
 
Ingredientes:
 
Massa de sonhos:
 
-2,5 dl de água
-2 tiras de casca de laranja (só a parte vidrada)
-1 colher de café de sal
-75 g de Vaqueiro Líquida
-150 g de farinha
-1 colher de chá de fermento em pó
-4 ovos tamanho M
-óleo para fritar
 
Para a calda:
 
-250 g de açúcar
-1 dl de água
-1 dl de vinho do Porto
-1 estrela de anis
-1 pau de canela
 
Confeção:
 

1) Levar a água ao lume com as cascas de laranja e o sal; quando começar a ferver, retirar as cascas de laranja, adicionar a manteiga e mexer até dissolver.
2) Retirar do lume e juntar a farinha, previamente misturada com o fermento; mexer energicamente com uma colher de pau até a massa formar uma bola e se soltar das paredes do tacho.
3) Mudar para a tigela da batedeira e deixar arrefecer um pouco; começar a preparar a calda: deitar todos os ingredientes num tacho, levar ao lume e deixar ferver suavemente durante 10 a 15 minutos.
4) Assim que a massa estiver morna, ligar a batedeira e ir adicionando, um ovo de cada vez, à medida que a massa os for absorvendo.
5) Aquecer o óleo numa fritadeira e deitar a massa em colheradas; ir picando os sonhos com um espeto de madeira para que cresçam e fiquem fofos; retirar os sonhos com uma escumadeira e deixar a escorrer sobre papel absorvente.
6) Colocar os sonhos num prato fundo e regá-los com a calda preparada.

Bolo rei
0
(Visited 1 times, 1 visits today)

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *