Quantos de nós é que já não se sentiram escravos do tempo, do relógio e da mudança constante de cenários que nos força a ser verdadeiros camaleões?

E ao existirem prioridades máximas a toda a hora, será que a sociedade moderna nos ocultará para sempre todos aqueles nossos desejos mais íntimos, impedindo-nos de alargar horizontes?
Teoricamente, as recentes descobertas tecnológicas vieram para nos facilitar o quotidiano; todavia nos tornamos cada vez mais parecidos com a personagem do Coelho no livro Alice no País das Maravilhas, do escritor e matemático inglês Lewis Carrollem que só se limitava a dizer “estou atrasado” ao mesmo tempo que olhava para o seu relógio!
Com toda esta revolução industrial e o desenvolvimento acelerado da sociedade de informação, o próprio ritmo social ficou afetado, nunca se conseguindo estar 100% ciente do que está a decorrer a cada momento!

De fato, tal como afirma o filósofo e cientista social Alonso Bezerra de Carvalho, do Departamento de Educação da Faculdade de Ciências e Letras (FCL) da UNESP, campus de Assis, no mundo moderno, dominado pela velocidade, onde tudo é para ontem, o ser humano tende a esvaziar o passado. O homem quer sempre superar e melhorar os seus limites. Fazer cada vez mais em menos tempo se tornou uma obsessãoPerde, assim, a memória e suprime a possibilidade de construir um futuro“.

Meu caro leitor, finalizarei este texto na condição de me comprometer consigo de que continuarei a ajudá-lo a organizar melhor a sua agenda, a regularizar de vez o seu sono ou até a diminuir a sua angústia ao fazê-lo lembrar-se mais dos momentos bons, ao querer presentear no dia certo quem mais ama!

Reveja, por favor, o seguinte texto:

https://cozinhacomrosto.blogspot.pt/2017/02/agenda-domestica-cozinha-com-rosto-2017.html

0
(Visited 53 times, 1 visits today)

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *