O Dia do Desportista comemora-se anualmente no dia 19 de fevereiro, tendo sido criado originalmente a partir da Lei nº 8.672, de 6 de Julho de 1993, conhecida como “Lei Zico“, por sua vez integrado no artigo 54.

Desta forma, tem-se como objetivo principal, o de incentivar, consciencializar e homenagear a prática do desporto, como forma de desenvolver uma vida mais saudável, não devendo esquecer-se de que a prática de exercício físico naturalmente ajuda a manter a nossa saúde estável, tanto mental com fisicamente, pois ao mesmo tempo aumenta a concentração, paciência, cooperativismo e fortalecimento muscular!

Consequentemente, a alimentação de qualquer desportista pode influenciar positiva, mas também negativamente, todo o seu desempenho muscular, devendo ser orientado por alguém devidamente especializado, no sentido de melhorar a sua perfomance, bem como proporcionar uma boa saúde a médio e longo prazo.

Ao ser-lhe elaborada uma certa dieta, devem ter-se em conta diversos tipos de fatores: modalidade de desporto que costuma praticar, idade, sexo, raça, clima, temperatura, altitude, condições sócio-económicas, factores individuais, etc.

Por outro lado, deve assentar-se ainda sob os seguintes pilares: fornecimento de «energia» sob a forma de hidratos de carbono, gorduras, proteínas, água, minerais e vitaminas; complemento da necessária satisfação diária com base em ração de treino, competição e recuperação.

Acrescente-se também que uma boa hidratação é fundamental, uma vez que o seu rendimento pode diminuir muito com o aumento da desidratação, portanto beba muitos líquidos, para além de que as próprias lesões desportivas serão sempre mais frequentes aquando dessa mesma situação!

Por exemplo, logo após a competição, devem consumir-se preferencialmente: leite, sumos de fruta natural e água alcalina açucarada.

Outras notas importantes: fazer o seu treino regular, procurando ter um sono suficientemente reparador, sem esquecer de que não deve fumar nem beber!

E obviamente que qualquer tipo de desporto é bom para combater o sedentarismo, mas por acaso sabe quais é que são os desportos mais completos

Um estudo da Universidade de Cambridge concluiu que até o facto de se estar inativo fisicamente, «mata» 2x mais do que a tão conhecida obesidade! 

Por isso, aqui vão, segundo a Forbes, depois de se terem tido em conta diversos aspetos, tais como a flexibilidade, resistência física, energia despendida, tonificação muscular, trabalho cardiotorácico e risco de lesões, esses mesmos desportos: squash, remo, escalada, natação, esqui, basquetebol, ciclismo, corrida, pentatlo e boxe
Para mais informações, sugiro consultarem o seguinte link sobre o tema “nutrição desportiva“:

0
(Visited 3 times, 1 visits today)

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *