Olá, meu caro leitor deste Blog, como tem passado?

Será que tem tomado cuidado com a sua alimentação, no que toca, por exemplo, ao sal?

«No que toca a ingestão diária de sal, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda o valor máximo de 5 g (aproximadamente 2000 mg de sódio).

No entanto, uma pesquisa realizada por investigadores da Harvard School of Public Health concluiu que cerca de 75% da população mundial consome cerca do dobro da quantidade diária de sal recomendada. Portugal é um dos países europeus que mais sal consome.

São vários os estudos que associam a ingestão excessiva de sal à hipertensão arterial, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares e, até, cancro do estômago e do esófago.

No nosso país, as doenças cardiovasculares e as doenças oncológicas são, respetivamente, a primeira e a segunda causa de morte

(fonte: https://www.cuf.pt/mais-saude/7-conselhos-para-consumir-menos-sal)

Portanto, o segredo está na moderação, tal como tudo um pouco na nossa vida, não é verdade?

7 Conselhos para reduzir o sal na alimentação

E por isso mesmo vou passar à enumeração de alguns conselhos simples para começar já a reduzir o consumo de sal, retirados da mesma fonte referida acima:

  1. Substitua-o por ervas aromáticas, especiarias ou algumas gotas de limão ou laranja para confecionar e temperar os alimentos. 
  2. Opte por produtos frescos sempre que possível, já que a comida processada é rica em sódio e pobre em nutrientes.
  3. Use gorduras saudáveis para cozinhar, como, por exemplo, o azeite.
  4. Substitua o pão branco por pão escuro (feito com cereais integrais).
  5. Limite o consumo de produtos de charcutaria, queijos curados, frutos secos salgados, batatas fritas de pacote, crustáceos, patés, cubos de caldo, entre outros.
  6. Evite fast-food, molhos (mostarda, ketchup, soja, chili, molho inglês) e refeições pré-confecionadas, comida enlatada, refrigerantes.
  7. Antes de comprar um alimento, leia o rótulo, porque se este fizer referência ao conteúdo de sódio, multiplique esse valor por 2,5 e vai obter o conteúdo em sal (cloreto de sódio), uma vez que, se um alimento contiver 0,4 g de sódio, este valor corresponde a 1 g de sal (20% do valor diário recomendado pela OMS).

2 Receitas Vegetarianas em Parceria com a Loja Salgema

Por tudo isto, o Blog Cozinha Com Rosto em parceria com a loja online Salgema, já depois de partilhar consigo todo um conjunto de receitas a ver com carne, peixe e marisco, decidiu, desta vez, partilhar consigo… receitas vegetarianas!

Homens na Cozinha e Mulheres às Compras!

Sorteio de Natal + Receita com Picanha (já existe… Vencedor!!)

Dourada ao Sal com Produtos 100% Portugueses!

E eu, pessoalmente, creio até que, as receita de hoje irão fazê-lo esquecer, pelo menos por momentos, da carne e do peixe, vamos a isso?

E ainda que a confeção, no caso da tarte, seja um pouco morosa, creio também que o efeito final da mesma sobre a mesa fará toda a diferença, não acredita?

Afinal de contas: a cozinha pode ser ou não um espaço de criatividade!?

Para terminar, acrescente-se ainda um outro benefício da receita da tarte abaixo: tanto dá para ser servida ao almoço ou ao jantar, bem como um simples snack quente ou frio!

Nota Importante: não se esqueça de subscrever a Revista Digital P´ra Mesa, já que, a edição atual, a Número 17, contém vários Vouchers de Desconto, nomeadamente um a ver precisamente com a loja online Salgema, bastando inscrever-se aqui

RECEITA NA CATEGORIA DE SNACKS:

Tarte de Massa Folhada Espiral de Legumes servida com

Salada Aromatizada de Couscous com Espinafres, Queijo Feta, Alcaparras e Azeitonas Pretas

Ingredientes:

Tarte 

  • 2 chávenas de natas
  • massa folhada de compra
  • 2 colheres de chá de sal natural
  • 1/2 colher de chá de pimenta preta moída
  • 2 chávenas de queijo ralado
  • 1/2 colher de chá de noz-moscada
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 2 cenouras grandes
  • 500 kg de abóbora
  • 2 batatas doces grandes

Salada

  • 1 medida de couscous
  • ½ chávena de azeitonas pretas cortadas às rodelas
  • 1 lata de ervilhas de compra
  • ½ chávena de alcaparras
  • 1 embalagem de espinafres
  • 2 colheres de chá de tempero para massas
  • 1 chávena de queijo feta
  • azeite, sal natural e pimenta preta moída q.b.

Confeção:

Tarte 

  1. Preparar uma forma redonda com o fundo removível, colocando aí a massa folhada juntamente com o papel vegetal de compra;
  2. Picar o fundo da massa com um garfo, para a levar logo ao forno durante cerca de 10 minutos, a 180ºC, devidamente preenchida com feijões crus por cima de uma outra folha de papel vegetal;
  3. Retirar a massa folhada do forno, retirar os feijões crus e reservar;
  4. Preparar os vegetais, cortando-os em tiras finas com a ajuda de uma mandolina, depois de os descascar, de forma a terem a mesma espessura, para além de uma largura aproximada;
  5. Numa tigela grande, misturar muito bem as natas, metade do queijo ralado, o sal natural, a pimenta preta moída, a noz-moscada e um pouco de azeite;
  6. Envolver muito bem, no preparado anterior, as fatias finas de todos os vegetais;
  7. Escolher uma das fatias e enrolá-la numa espiral apertada, de forma a colocá-la no centro da massa folhada;
  8. Logo a seguir, pegar noutra fatia fina e enrolá-la na espiral central, repetindo o mesmo processo com as restantes fatias finas, com algum cuidado, até preencher todo o espaço, alterando os vegetais;
  9. Pincelar o topo da tarte com azeite e polvilhar com o restante queijo ralado;
  10. Colocar a tarte no forno e deixar cozinhar a 180ºC, cerca de 50 minutos, ou até que os vegetais estejam macios e cozidos e o queijo ralado dourado;
  11. Servir a tarte com a salada.

Salada

  1. Cozer ligeiramente os espinafres em água e sal e reservar;
  2. Preparar o couscous de acordo com as instruções colocadas na embalagem, temperando com um pouco de azeite, sal natural e pimenta preta moída e reservar;
  3. Cortar o queijo feta aos cubos, temperando-o com um pouco de sal natural e pimenta preta moída e reservar;
  4. Preparar as azeitonas, as ervilhas e as alcaparras e reservar;
  5. Juntar todos os ingredientes reservados numa tigela e misturar tudo muito bem com o tempero para massas e um pouco de azeite;
  6. Servir a salada com a tarte.

(fonte: https://honestlyyum.com/24956/vegetable-spiral-tart/,

https://www.youtube.com/watch?v=y1_izr2me2k)

1
(Visited 70 times, 1 visits today)

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *