Estrogonofe (do russo строганов, stroganov) é um prato originário da culinária russa composto por cubos de carne bovina servidos num molho de creme de leite

O seu início ficou marcado no século XVI, aquando do tipo da alimentação fornecida aos soldados russos, na forma de rações de carne cortadas em barris com sal grosso e aguardente. Através de um cozinheiro do Czar russo Pedro, o Grande, a comida foi melhorada e o general que protegia o cozinheiro chamava-se Strogonov, donde muito possivelmente surgiu o nome para a receita em causa.
Mais tarde, com a Revolução de 1917 e a imigração dos russos para a Europa, a receita chegou até à França, donde foi novamente melhorada, chegando à forma que conhecemos atualmente
E na França incluíram os Champignons, enquanto que a utilização de ketchup na receita foi depois popularizada pelos Estados Unidos. 
O sucesso do Strogonoff foi tão grande, que juntamente com a lasanha, por exemplo, é hoje um dos dez pratos mais vendidos no mundo!
Mas, na realidade, existem muitas histórias para explicar o seu aparecimento, bem como o surgimento do seu nome.
 
Para saber mais:
 
As versões norte-americanas e australiana da receita geralmente são preparadas com tiras de bife, mas também podem ser incluídos bacon, cogumelos, cebolas. O molho pode ser engrossado com nata azeda e servido com arroz (EUA e Austrália) ou macarrão (mais comum nos EUA). Era o prato preferido do presidente norte-americano Abraham Lincoln, e do famoso ator Charles Chaplin.
 
O estrogonofe é bastante popular no Brasil, onde tem muitas variações como o uso de carne de frango ou camarões. A principal característica do estrogonofe brasileiro é o uso de molho de tomate misturado com o creme de leite. Além disso, é quase sempre servido com uma porção de arroz (branco ou à grega) e batata palha, enquanto que na Rússia era geralmente servido com batatas cozidas.
 
Estrogonofe também é popular na Suécia e Noruega. Na Suécia, uma variante comum, é o estrogonofe de linguiça, que usa a tradicional linguiça sueca chamada falukorv como substituta para a carne.
 
Para finalizar, aqui está a minha sugestão para o vosso fim de semana em família e… bom apetite 🙂 

0
(Visited 160 times, 1 visits today)

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *