Ora então aqui vai um bolo tradicional português, oriundo do Alentejo, tendo em conta toda a pesquisa que eu fiz!

E nada melhor do que «juntar o útil ao agradável», ou seja, aliar uma boa receita a um dos produtos de excelência de Portugal, produto este que já foi muito maltratado relativamente à preferência por outros óleos, ainda que tenha sido utilizado para quase tudo em casa, desde a alimentação à iluminação:

A região mediterrânea, atualmente, é responsável por 95% da produção mundial de azeite, favorecida pelas suas condições climáticas, propícias ao cultivo das oliveiras, com bastante sol e clima seco.

Cientistas observaram que os povos das regiões do mediterrâneo têm vida mais saudável com baixo nível de infarto e câncer, por esses povos serem os maiores consumidores do azeite, e outras substâncias de uma dieta saudável, como peixe e verduras.

(fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Azeite)

Hoje nota-se que o azeite é, realmente, um dos maiores símbolos da identidade mediterrânica, em que o gosto dos consumidores está a refinar-se, mediante também os diferentes tipos de azeitonas que são utilizadas, contendo ótimos benefícios para a saúde, para além do facto de ser capaz de adicionar um sabor e aroma peculiares aos pratos:

Classificada pela UNESCO como Património Cultural Imaterial da Humanidade desde 2013, a dieta mediterrânica assenta numa filosofia e estilo de vida que têm por base a comunidade e a partilha de refeições elaboradas com alimentos locais e da época, preparados segundo receitas próprias de cada lugar. O azeite desempenha, há vários séculos, um papel fundamental nesta dieta, considerada como uma das mais saudáveis do mundo.

Composto, maioritariamente, por gorduras saudáveis monoinsaturadas (até 83%), o azeite é rico em antioxidantes naturais e fundamentais para a sua resistência ao aquecimento e para alguns dos benefícios que traz à saúde: cognitivos, anticancerígenos, digestivos, cardiovasculares, melhoria da saúde óssea e articular, modulação do sistema imunitário e proteção da pele.

Estas são algumas das razões que levam nutricionistas e outros especialistas clínicos a aconselhar o azeite em todas as dietas, como um produto fundamental para hábitos alimentares mais saudáveis. E porque os consumidores estão hoje mais atentos e melhor informados sobre os alimentos mais benéficos ao seu organismo, o consumo de azeite tem vindo a aumentar significativamente, com particular incidência nos segmentos aos quais é reconhecida maior qualidade, como o azeite virgem extra.

(fonte: https://www.sovenagroup.com/pt/marcas-e-produtos/os-nossos-produtos/azeite/)

Por outro lado, todos nós sabemos o quanto é que a gastronomia alentejana é rica em sabores e tradições, com um alto aproveitamento dos produtos da região, como o azeite e o mel, aliados, por sua vez, aos ricos aromas das especiarias, tornando autênticos doces regionais do Alentejo em iguarias ímpares e sabiamente únicas na doçaria tradicional portuguesa:

Em tempos, foi uma região de trigo e de grandes planícies onde as varas de porcos pastavam livremente nos montados e olivais. Por isso, o pão, o porco e o azeite tornaram-se a base de uma das mais gostosas cozinhas de Portugal, numa suave combinação com ervas aromáticas como os coentros, a salsa, o rosmaninho, os orégãos, o poejo ou a hortelã.”

(fonte: https://www.visitportugal.com/pt-pt/content/gastronomia-do-alentejo)

A minha, mas também sua, receita de Bolo de Azeite, uma receita tradicional alentejana verdadeiramente irresistível e bastante fácil de preparar.

Por favor, siga as instruções e… bom proveito, na hora do chá ao final de mais um dia cheio de trabalho aí em casa ou então na… hora do lanche com a sua família em redor da lareira acesa e crepitante!

RECEITA NA CATEGORIA DE SOBREMESAS: Bolo de Azeite

Ingredientes:

  • 1 colher de café de canela em pó
  • 1 colher de chá de erva-doce em pó
  • 200 g de açúcar
  • 200 g de farinha
  • 100 ml de azeite
  • 50 ml de mel
  • 4 ovos
  • 1 colher de chá de fermento

Confeção:

  1. Bater os ovos com o açúcar, o azeite e o mel.
  2. Juntar a erva-doce e a canela, seguidas da farinha e do fermento, batendo sempre.
  3. Deitar a massa numa forma untada e polvilhada com farinha.
  4. Levar a forma ao forno, pré-aquecido a 180º C, cerca de 40 minutos.

(fonte: https://www.mulherportuguesa.com/receita/bolo-de-azeite/,

http://www.docesregionais.com/bolo-de-azeite-e-mel-alentejo/)

0
(Visited 437 times, 1 visits today)

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *