Continuando a desenvolver o texto publicado anteriormente, desta vez explicito algumas dicas úteis para começarem a emagrecer de vez, sobretudo a vossa carteira, enquanto vagueiam pelo supermercado: 

– fazer uma lista de compras antes de sair de casa
– verificar as datas de validade dos alimentos
– atender às promoções
– levar a própria banda sonora com músicas animadas
– preferir os produtos da época
– resistir às “tentações”
– escolher as marcas brancas
– pagar em dinheiro
– ir sozinho
– escolher um cesto em vez de um carrinho
– selecionar o supermercado mais barato
– evitar ir às compras com fome

Também existem determinados “mitos sobre alimentação”, que sendo verdadeiros ou não, podem vir a condicionar o nosso olhar sobre as respetivas prateleiras, que segundo a cardiologista Fátima Veiga, do serviço de cardiologia do Hospital de Santa Maria, no 36º Congresso Português de Cardiologia realizado entre 18 e 21 de Abril de 2015, ao jornal Diário de Notícias, enunciem-se alguns:

1. O leite é a maior fonte de cálcio: Mito
2. O leite auxilia no sono: Verdade
3. Beber sumos de frutas é melhor para a saúde: Mito
4. Os adoçantes são melhor para a saúde: Mito
5. Os óleos têm muito colesterol: Mito
6. Alguns sintomas ajudam a perceber que o colesterol está elevado: Mito
7. O colesterol não é benéfico para o organismo: Mito
8. O ovo tem muito colesterol: Mito
9. Margarina é mais saudável que a manteiga: Mito
10. A natação é o exercício mais completo. Mito
11. Comer maçã nos intervalos das refeições é útil para combater a “fome”. Mito
12. Café faz mal à saúde. Mito
13. Óleo de coco tem muito colesterol. Mito
14. Cafeína pode elevar a glicemia. Verdade
15. A natação faz perder peso. Mito
16. A carne de porco é a mais rica em colesterol. Mito
17. A soja tem menos calorias que a carne bovina. Mito
18. Pão tostado engorda menos que pão normal. Mito
19. Comer antes de deitar engorda. Mito
20. Sumo de beterraba evita a anemia. Mito

E se antigamente, a ideia de uma alimentação saudável relacionava-se maioritariamente com o aspeto do corpo, atualmente, muito devido à evolução da investigação e da divulgação de conhecimentos para a população, as pessoas começaram a preocupar-se sobretudo com hábitos saudáveis, não prejudiciais à saúde, devendo dar-se importância aos seguintes tópicos: 

  • Saltar refeições é um erro 
  • Cuidado com a ingestão de algumas bebidas
  • A influência genética ou hereditária não é justificação para não ser feita uma dieta mais correta a cada caso
  • O facto psicológico importa sempre

Por outras palavras, a nossa alimentação deve ser permanentemente cuidada e equilibrada, tendo em conta ao máximo todas as etapas das refeições, pois tudo quanto ingerimos, quer sejam alimentos sólidos ou líquidos, terá o mesmo impacto no nosso organismo e na forma como isso se refletirá no nosso corpo!

0
(Visited 39 times, 1 visits today)

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *