Factos históricos e informações úteis sobre o pêssego e o pessegueiro!

fruta

«História: estudos genéticos e a descoberta de oito endocarpos de pêssego fossilizados bem preservados no sudoeste da China remontando a mais de dois milhões e meio de anos, sugerem que o pêssego é originário da China. A espécie é cultivada desde cerca de 2000 anos antes de Cristo. O pêssego foi trazido da China, passando pela Pérsia (Irã), e alcançou a Grécia por volta do ano 300 A.C. Os pêssegos já eram bem conhecidos pelos romanos no primeiro século antes de Cristo. O pessegueiro é retratado em afrescos das cidades destruídas pela erupção do Vesúvio de 79. Dois fragmentos de afrescos do primeiro século depois de Cristo da cidade de Herculano estão em guardados no Museu Arqueológico Nacional de Nápoles.

Etimologia: o nome científico da espécie, Prunus persica, relaciona-se com as palavras em português “pessegueiro” (árvore) e “pêssego” (o fruto). O nome é uma referência ao largo cultivo da espécie no Irã (antiga Pérsia) durante a Antiguidade, de onde foi transplantada para a Europa. Os romanos referiam-se ao pêssego como malus persicum ou “maçã da Pérsia”, sendo portanto essa denominação em latim a origem tanto às palavras em português quanto a outras cognatas em diversas línguas europeias (pêche em francês, peach em inglês, pesca em italiano).

Dados nutricionais: um pêssego médio pesa 75g, e de maneira geral contém 30 Cal, 7 g de carboidratos (6 g de açúcares e 1 g de fibras), 1 g de proteínas, 140 mg de potássio, e 8% das necessidades diárias de vitamina C. Nectarinas fornecem o dobro de vitamina A, e ligeiramente mais vitamina C, que os pêssegos, além de serem uma fonte mais rica de potássio.»

(fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Pessegueiro)

RECEITA NA CATEGORIA DE BEBIDAS: Licor de Pêssego

(receita confecionada na Bimby)

pêssego

Ingredientes:

  • 350 g de pêssego
  • 170 g de açúcar
  • 20 g de açúcar 
  • 1 colher de chá de aroma de baunilha
  • 300 g de aguardente
  • 100 g de água

Confeção:

  1. Colocar os pêssegos cortados aos pedaços juntamente com o açúcar, a aguardente e a água no copo;
  2. Programar 7 minutos, temperatura 60º C, velocidade 2;
  3. Retirar o preparado e deixar arrefecer 2h;
  4. Coar o licor de pêssego com a ajuda de um passador de rede fina e guardá-lo numa garrafa previamente esterilizada.

(fonte: http://www.oretirodasuspiro.pt)

0
(Visited 95 times, 1 visits today)

Leave A Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *